Blog da Dufrio

Há mais de 20 anos, somos especialistas em refrigeração.

Diferença congelador X freezer e como usá-los para congelar

por Dufrio Refrigeração • 27/07/2017 • 27/07/2017 Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Pinterest

No dia a dia é um tanto quanto habitual que as pessoas se refiram a “freezer” e “congelador” como se fossem praticamente a mesma coisa ou, ainda que cientes de que existem diferenças, basicamente desconhecendo-as na realidade.

Embora os dois possam servir para muitas coisas em comum, é importante compreender que ambos reservam suas peculiaridades e que, dependendo do que é preciso armazenar ou por quanto tempo será necessário manter determinado alimento congelado, por exemplo, esse tipo de informação pode ser essencial para fazer a escolha da opção certa.

Veja a seguir quais são, então, as principais diferenças entre eles e aprenda como usá-los para congelar:

Temperatura

É importante dizer que o fator mais evidente de diferenciação entre congelador x freezer é, sem dúvidas, a questão da temperatura que eles podem atingir.

O congelador, que costuma estar convencionalmente mais presente em domicílios pelo fato de normalmente já vir em versão acoplada a geladeiras (sendo  internos, quando essas abrem somente uma porta) chega a temperaturas em torno de -6ºC.

Isso significa que ele tem a capacidade de congelar alguns alimentos, mas não de conservá-los propriamente por longos prazos da mesma forma como um freezer faz.

Isso porque o freezer, por sua vez, atinge temperaturas ainda mais baixas (até mesmo -20ºC) o que permite conservar os alimentos por muito mais tempo mantendo a mesma qualidade deles, quando necessário.

Além disso existe a questão do tamanho em alguns casos. Freezers à parte, maiores e mais espaçosos, conferem o poder de armazenar uma quantidade considerável elevada de alimentos e podem atender a necessidades específicas de determinados consumidores, oferecendo muito mais praticidade e garantia de haver maior durabilidade do que é ali conservado a eles.

Modelos

Como mencionado, os congeladores comumente fazem parte das geladeiras.

Em relação a freezers, no entanto, quando não acoplados a elas podemos frisar que existem modelos tanto horizontais quanto verticais que se assemelham muito a uma “geladeira” comum.

Nesse último caso podem ser bastante úteis para facilitar a disposição de alguns itens ou para que funcionem como “expositores”, por exemplo, em uma situação na qual sejam colocados em uma pequena atividade de comércio. Mas no primeiro    freezer horizontal   pode haver ganho em termos de “espaço útil”.

As diferenças entre um e outro modelo (e ajuda sobre como escolher) você pode conferir aqui.

Como usá-los para congelar?

Por fim, ao entender em suma a diferença entre congelador x freezer, é válido que você também tenha instruções de como utilizar cada equipamento da melhor forma.

Mais uma vez isso vai depender do tipo de alimento/bebida que você quer conservar e principalmente por quanto tempo será necessário ou conveniente fazer isso.

Dependendo das necessidades e/ou expectativas que tiver em relação a essa prática é possível decidir se é hora de investir na aquisição de um aparelho mais potente ou não.

Para congelamentos mais rápidos o freezer pode ser indicado, já que velozmente a água contida no interior dos alimentos será submetida a temperaturas muito abaixo do ponto de congelamento (0º), agilizando o processo.

É interessante também você pensar no que mais costuma congelar, se irá fazer isso para utilidade própria ou para atender clientes, por exemplo.

Se for para congelar alimentos em apenas quantidades, apenas para consumo próprio e em tempo razoavelmente mais curto você pode utilizar o congelador sempre estando de olho nas maneiras certas para congelar para tirar melhor proveito disso e no tempo indicado para cada alimento (você pode consultar uma tabela no post também).

Entretanto se precisar conservar mais itens (compras de supermercado para abastecer a casa ou atividade por muito tempo, por exemplo) pode ser mais recomendado a utilização de um freezer.

O que vale é sempre seguir as recomendações de armazenamento e tempo para consumo, observando o tipo de alimento que está indo para o compartimento e analisando qual opção é a mais viável e indicada para você em cada momento.

E então, você já conhecia a diferença entre congelador e freezer? Que tal dar uma olhada em nossos produtos de refrigeração e escolher o mais adequado para você?

Recomendados para você

1K

0

Comercial

Consumo de energia do ar-condicionado: saiba como economizar sem perder o conforto

2K

2

Dicas

Como realizar a carga de fluido frigorífico em aparelhos de ar-condicionado split?

2K

3

Comercial

Instalação e manutenção do ar-condicionado, a importância de realizá-las

2 Comentários

  1. Márcio Marinho disse:

    Quero sempre receber mensagem para melhor utilização desses produtos

Deixe o seu comentário!