POSTAGENS

Refrigeração

Postado por Dufrio Refrigeração

Compartilhar:

13/10/2017

0

114

Dicas de como limpar o seu freezer ou equipamento de refrigeração da forma correta

Cuidados com higienização são muito importantes em todos os setores e ainda mais quando falamos de segurança alimentar e de situações que envolvam a conservação de mantimentos a relevância é bastante grande.

A limpeza inadequada ou acúmulo de gelo, afinal, podem afetar o desempenho.

Além do mais, manter o equipamento de refrigeração limpo garante não só seu bom funcionamento, aproveitamento pleno de seus recursos e capacidade de refrigeração como até mesmo sua maior durabilidade.

Veja a seguir algumas dicas para não se complicar nessa tarefa:

O sistema frost free

O primeiro passo é checar se seu equipamento tem sistema de degelo automático (frost free) ou não.

Justamente por ser um procedimento essencial a ser observado na manutenção de equipamentos de refrigeração em boas condições de utilização tecnologias modernas como essa tentaram tornar o processo o mais descomplicado possível.

No entanto é importante lembrar que mesmo equipamentos dotados do sistema frost free (leia mais sobre ele e como funciona aqui) precisam ser observados de perto temporariamente, até mesmo para que seja verificada a

Além disso é válido ressaltar que degelo é uma coisa e limpeza é outra. Não acumular gelo é uma vantagem, entretanto isso não irá “limpar” seu freezer automaticamente ou garantir que ele esteja 100% adequado em relação a possíveis resíduos de alimentos que possam cair em seu interior, líquidos derramados, entre outros.

Ou seja; um freezer frost free não pode ser simplesmente “esquecido” como está e somente reabastecido de tempos em tempos. Ele não vai acumular gelo, mas como qualquer outro equipamento pode acumular sujeira!

Periodicamente checar tais condições e promover higienização com um pano limpo e úmido, por exemplo, garantem maior controle desse fator. Também é válido fazer isso conforme a movimentação de alimentos se der, bem como lavar as forminhas de gelo sempre após o uso, ao repor a água que deverá ser novamente congelada.

E se o degelo do meu equipamento for manual?

Procedimentos para quem não tem frost free

Também não tem nenhum problema, desde que você siga algumas observações básicas principalmente em relação ao tempo que o equipamento pode permanecer sem algum procedimento de retirada do acúmulo.

Em sistemas que o degelo não é completamente automático pode existir uma recomendação do fabricante (que pode variar em ciclos de 6 em 6 meses, por exemplo) em relação aos cuidados que se deve ter com a limpeza habitual.

No caso dos congeladores (que são diferentes dos freezers, diga-se de passagem se você ainda não sabe bem qual é essa diferença, veja aqui) esse ciclo pode ser mais curto e você pode precisar degelar com maior frequência.

Para casos assim, existem algumas dicas básicas a se seguir:

1-Observe a camada de gelo: exatamente pelo que abordamos é preciso estar atento ao estado da crosta de gelo que se forma para saber se já está na hora de promover uma intervenção e degelar seu equipamento.

Em geral quando a camada de gelo começa a se aproximar mais ou menos da espessura de meio a um dedo já pode ser recomendado dar atenção ao procedimento.

Isso, além de tudo, liberará mais espaço no interior do equipamento.

2-Esvazie seu equipamento: o ideal é que você não tente limpar o equipamento sem retirar totalmente as coisas de seu interior, evitando a manipulação excessiva dos alimentos, degelo que comprometa a qualidade e até mesmo a contaminação deles com algum tipo de resíduo ou produto.

Enquanto isso é importante que você armazene adequadamente os itens retirados (se forem alimentos muito sensíveis, como frutos do mar, por exemplo, o ideal e o que pode ser feito é que sejam transportados e acondicionados temporariamente em uma caixa de isopor térmica com gelo, por exemplo, até que possam retornar ao equipamento).

3-Procure desligar o equipamento: é mais fácil que ele seja desligado da tomada e não apenas tenha a temperatura reduzida. Isso porque o gelo precisará derreter aos poucos para que ao menos você consiga “quebrá-lo” mais facilmente, sem muito esforço ou risco de causar muitos impactos em seu equipamento, podendo danificá-lo.

4-Utilize uma espátula ou algum instrumento de plástico para remover o excesso de gelo que desprende: evita utensílios de outro material, como metal (nunca utilize uma colher ou uma faca, por exemplo, que oferece ainda o risco de ferimentos), pois podem “riscar” seu freezer, descascá-lo e causar avarias. Mesmo utilizando um instrumento de plástico também é importante que você só tente fazer isso quando o gelo estiver amolecendo. Caso contrário o esforço será maior e também a força que você utilizará, o que pode causar até mesmo pequenos acidentes.

5-Recolha o gelo com algum recipiente e libere seu freezer: você pode colocar o gelo que desprende em um local qualquer para descarte e em seguida literalmente “enxugar” o resíduo que ficar no interior do freezer, deixando-o liberado de cristais e gelo. Faça isso sempre com panos secos e sem utilização de produtos de limpeza nesse ambiente. Eles podem deixar gosto, cheiro ou resíduos químicos impróprios nesse espaço para onde retornarão os alimentos. Uma esponja embebida em água morna ou água um pouquinho mais quente (tomando cuidado com as mãos) também pode ajudar a dissolver por completo os cristais, pelo choque de temperatura. Mas sempre com o freezer ainda desligado! Somente depois de feito todo o procedimento você deve religar o equipamento e acondicionar novamente os produtos retirados, garantindo que não tenha ficado água no interior.

E agora, deu para entender melhor o que é essencial na hora de limpar o seu freezer ou equipamento de refrigeração da forma correta?

Ainda ficou com dúvida? Compartilhe conosco pelos comentários!

Recomendados para você

184

0

Refrigeração

Câmaras Frigoríficas — o que são, para que servem e como escolher?

2K

3

Dicas

Importância do Teste de Vazamento ou Estanqueidade – Primário e Secundário

103

0

Ar Condicionado

Quais são os benefícios do ar-condicionado em academias?

0 COMENTÁRIO

0 Comentário

Deixe o seu comentário!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades e promoções