Blog da Dufrio

Há mais de 20 anos, somos especialistas em refrigeração.

Câmaras Frigoríficas — o que são, para que servem e como escolher?

por Dufrio Refrigeração • 22/09/2017 • 22/09/2017 Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Pinterest

Tratando-se de conservação de alimentos por redução de temperatura é comum que dependendo da situação surjam dúvidas sobre as melhores maneiras de armazenar produtos e também sobre quais são os modelos de equipamentos mais indicados para cada tipo de sistema de refrigeração.

Ao abordarmos refrigeração comercial e industrial, dependendo das necessidades que cada estabelecimento apresenta, do porte das operações e especificidades de sua atividade, pode-se recorrer a diferentes opções e tecnologias para tal conservação. A a principal delas são as câmaras frigoríficas!

Veja a seguir como elas funcionam, qual a diferença entre câmara fria de resfriados e câmara fria de congelados e que tipos de materiais e produtos podem ser armazenados adequadamente por meio delas:

O que são câmaras frigoríficas? Como funcionam?

São equipamentos que possuem grande espaço físico para conservação de produtos. Quando comparados a refrigeradores e freezers convencionais armazenam grandes quantidades de produtos, dispondo de controle de temperatura digital com grande precisão, indispensável principalmente na indústria fato que não ocorre em sistemas domésticos, que muitas vezes possuem controladores de temperatura analógicos, os quais não apresentam tanta precisão.

Elas oferecem ambientes amplos e customizados para acondicionar produtos que necessitam de refrigeração, permitindo inclusive movimentação de pessoas e produtos em seu interior, o que é um diferencial em relação a sistemas domésticos.

Algo bastante interessante nas câmaras frigoríficas é o fato de elas poderem ser disponibilizadas numa concepção totalmente adaptada às necessidades de cada cliente e utilização.

Logo, as câmaras são projetadas baseando-se na necessidade e particularidade de cada cliente, tais como: tipo de produto, temperatura de entrada e saída, tempo de conservação, movimentação diária, preferência por material do isolamento, entre outras.

Sendo assim sempre é realizado um estudo e projeto específico para cada câmara frigorífica mediante o detalhamento das necessidades do cliente, fazendo-se o cálculo e dimensionamento térmico apropriado para também oferecer a melhor potência e eficiência energética.

Existem ainda câmaras modulares que seguem medidas padrões (pré-definidas), o que as tornam versáteis e “moldáveis”, reduzindo, em alguns casos inclusive tempo de instalação e montagem, o que as tornam práticas e com bom custo x benefício.

O ideal para escolher é, portanto, recorrer a uma empresa especializada e confiável que proporcione excelente suporte e boa engenharia de aplicação para ajudar na definição e implantação da estrutura mais conveniente.

Que tipo de necessidades atendem? Que tipo de produtos podem ser armazenados?

Na fabricação, conservação, transporte, comercialização ou preparação de alimentos, por exemplo, seu uso é bastante evidente.

Mas costuma-se pensar naturalmente que as câmaras frigoríficas são utilizadas apenas pelo setor alimentício.

Contudo as câmaras frigoríficas são utilizadas também em diversos setores da indústria, como indústrias farmacêuticas para conservação de vacinas, bancos de sangue, indústria automobilísticas e químicas para conservação de produtos inflamáveis, necrotérios, dentro outros.

Igualmente é o caso de centros atacadistas e demais negócios de grande porte.

Em supermercados também se tornam necessárias para conservar os produtos, sendo indispensáveis tanto no estoque de produtos quanto diretamente em walkin coolers e sistemas de auto-serviço.

Logo, a principal função da câmara frigorífica é manter adequadamente os produtos que necessitam de baixas temperaturas, para que, desde que dentro do prazo de validade, sejam repostos no momento certo nas áreas de vendas (o que, por sua vez, geralmente é feito com o suporte de equipamentos expositores refrigerados nos corredores por onde circulam os clientes).

Já matadouros ou açougues, por exemplo, as utilizam para armazenamento adequado da carne em grandes quantidades, visto que sua capacidade de refrigerar é consideravelmente maior.

Na indústria e ramo farmacêuticos, além de hospitais, laboratórios, clínicas e demais locais que atuam no segmento, podem ser utilizadas para conservação de material médico-hospitalar.

Diferenças básicas entre câmaras frias

Quando tocamos no conceito de câmaras frigoríficas é importante pontuar que existem diferenças básicas entre as chamadas câmaras de resfriamento e câmaras de congelamento.

A diferença está sumariamente na temperatura que atingem e bem por isso os nomes também são sugestivos dessa condição.

As câmaras frias de resfriados normalmente dão conta de produtos que necessitam de refrigeração próxima a 0ºC (semelhante às funções de geladeiras).

Já as câmaras de congelamento atingem temperaturas mais baixas, similar ao que ocorre nos freezers, como algo entre -20ºC (variando esse fator em função não só do tipo de produto como também do tempo, muitas vezes, pelo qual deve permanecer armazenado).

Um ponto importante que deve ser observado é que as câmaras tanto de resfriados como de congelados são projetadas para se manter produtos já resfriados ou congelados, ou seja, o produto entra resfriado e se mantém resfriado, ou o produto entra congelado se mantém congelado.

Se a necessidade do cliente for de o produto entrar resfriado e congelar, ou seja, mudar de fase (pois mesmo sendo um produto aparentemente sólido, todo alimento possui um quantidade de água que se estiver próximo a 0° C está na fase líquida e que abaixo deste ponto pode passar à fase sólida)  deve-se adquirir um túnel de congelamento.

Isso nada mais é do que uma câmara de características especiais com equipamentos de grande porte para um congelamento rápido, sabendo que a energia envolvida nesse processo é dezena de vezes maior, diferenciando muito o túnel de uma câmara.

E então, você tem algum estabelecimento comercial ou indústria e esse artigo te ajudou a figurar melhor qual tipo de equipamento deve escolher para a demanda que possui?

Ainda precisa de ajuda ou algum outro tipo de apoio nesse sentido? Conheça melhor nossa categoria de câmaras ou interaja pelos comentários; temos prazer em te auxiliar!

Recomendados para você

2K

1

Residencial

Equipamentos para climatização de ambientes residenciais: conheça os melhores

3K

9

Residencial

Ar-condicionado split inverter: por que se fala tanto nele?

1K

0

Residencial

Quando devo optar pelo ar-condicionado portátil?

6 Comentários

  1. Arnobio Santana disse:

    Preciso saber o valor médio de uma câmera frigorífica digital com capacidade média de 12.000 kg para armazenamento de creme de açaí

  2. Jessica disse:

    Gostaria de um orçamento de câmara frigorífica com as medidas de (LxCxA)2,5×2,0x2,0

  3. Johnathan disse:

    Ola. Preciso de uma camara que o produto entra na temperatura ambiente, e a camara o resfriará e manterá a 0°c.
    Preciso que tenha 12m de comprimento x 2.4 altura x 2.4 largura.
    Obrigado.

Deixe o seu comentário!