Blog da Dufrio

Há mais de 20 anos, somos especialistas em refrigeração.

Qual a diferença entre bebedouro e purificador de água?

por Dufrio Refrigeração • 11/07/2018 • 11/07/2018 Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Pinterest

Qual a diferença entre bebedouro e purificador de água?

Você já deve ter ouvido, claro, que beber água regularmente é muito importante.

Em casa, no trabalho, na escola e onde quer que estejamos a maior parte de nosso dia, ter acesso a água potável é essencial para a manutenção de nossas atividades vitais e nossa saúde.

Mas, mais do que preocupar-se em ingerir água é importante pensar na qualidade da água que é consumida também.

De acordo com uma informação divulgada com base na OMS (Organização Mundial da Saúde) no ano passado, 2 bilhões de pessoas consomem água contaminada em todo o mundo.

Os efeitos de acabar ingerindo água nessas condições podem ser muito ruins, com malefícios como o contato com microorganismos que podem causar infecções, transmitir doenças e mesmo levar a problemas mais graves.

Nesse sentido, é fundamental estar atento às opções que se tem para assegurar o consumo de água em boa qualidade. Para te ajudar a compreender os principais produtos que auxiliam nessa importante “missão” cercada por cuidados, veja a seguir:

O que faz um purificador?

O purificador de água, como o próprio nome sugere, tem a função de “purificar” o líquido, eliminando impurezas que porventura contenham a água que é fornecida por uma rede, por exemplo.

Isso porque, apesar de sabermos que a água que chega à maior parte das torneiras de locais onde exista sistema de tratamento é tratada, esse processo pode variar muito de região para região e nem sempre apresenta uma margem segura para consumo direto.

Não é incomum encontrarmos, em uma simples busca pela internet, reclamações e averiguações em torno desse assunto, mostrando que o tratamento pode não ser 100% eficaz e a qualidade não satisfazer a necessidade dos consumidores em todos os casos.

Ele é diferente de um filtro convencional, mas ainda assim tem   funções muito próximas — porém sendo mais prático e moderno.

 

Como utilizá-lo?

É possível, por exemplo, conectá-lo à torneira e então a água irá passar por processos de “limpeza” completos por meio de um filtro que está em seu interior, garantindo o aniquilamento de bactérias ou demais ameaças à ingestão saudável.

Além disso ele não elimina ou reduz apenas os microorganismos, mas também possíveis odores e o excesso dos próprios produtos químicos (como o cloro) que podem ter sido adicionados a essa água para torná-la mais limpa antes de chegar ao purificador e que, após terem feito esse trabalho, poderão ser então descartados para o consumo final.

De tempos em tempos modelos modernos podem avisar quando é hora de trocar esse filtro, ajudando a deixar a manutenção em dia. As funcionalidades desses modelos podem incluir refrigeração, permitindo que a água já saia também geladinha.

E para que serve, enfim, um bebedouro de água?

Em seguida, quando falamos em bebedouro de água é comum nos lembrarmos daqueles modelos de inox, compridos, que normalmente encontramos em shoppings, espaços públicos ou escolas.

Na realidade, contudo, na maioria desses casos eles podem se tratar de purificadores ou serem facilmente confundidos com eles.

São chamados de bebedouros, no entanto, as bases (suporte) que normalmente poderão receber galões acoplados.

Nesse caso eles atendem especificamente à necessidade de facilitar o processo ao “beber água” quando já se tem uma fonte de qualidade (água mineral adquirida junto a uma empresa de confiança, por exemplo) e não exatamente o processo de purificá-la. São, com isso, muito práticos e vantajosos.

Os bebedouros mais modernos se incluem dentre a categoria dos eletroportáteis e podem ser manuseados e acondicionados com muito mais simplicidade no local que for melhor para o consumidor dentro mesmo de um ambiente pequeno.

Desse modo eles facilitam o acesso e a “distribuição” de água, em copinhos, por exemplo, (muito mais prático do que recorrer a garrafas em excesso quando a quantidade de pessoas a serem atendidas for muito alta, além de mais econômico).

Sem contar que também oferecem a opção de controle de temperatura, evitando o excesso de vezes em que a geladeira pode ser aberta para se consumir água gelada também, por exemplo.

Como escolher?

Por fim, é importante entender a necessidade de seu espaço, se há grande ou maior circulação de pessoas nele (como recepções de escritórios ou clínicas), se existe o hábito de comprar galões de água mineral e se é um ambiente mais reservado (que facilmente pode ser atendido por um bebedouro simples).

Logo, a escolha do melhor modelo vai de acordo com a necessidade e preferência de cada consumidor e sua situação de uso, sendo que, em todo o caso, o mais importante é garantir que a água ingerida

E então, você já tem um bebedouro de água ou um purificador adequado para seu ambiente? Que tal dar uma olhada nas opções que a Dufrio oferece e escolher o melhor para você?

Ficou interessado? Então acesse agora nosso site aproveite um super desconto, usando o cupom VINOBLOG

Recomendados para você

2K

0

Comercial

Climatizando certo: como não errar na hora de escolher o ar-condicionado para a sua empresa

1K

0

Eletrodoméstico

Qual a diferença entre um tanquinho e uma máquina de lavar? Vale a pena adquirir um produto assim?

3K

0

Comercial

Como saber qual o melhor ar-condicionado para climatizar sua casa?

0 Comentário

Os comentários estão fechados.