Blog da Dufrio

Há mais de 20 anos, somos especialistas em refrigeração.

Como limpar placa eletrônica? Vale a pena? 

por Dufrio Refrigeração • 20/07/2019 • 20/07/2019 Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Pinterest

Placas eletrônicas são a parte mais sensível de qualquer produto que precise de um sistema eletrônico para funcionar. Então, como limpar placa eletrônica se ela precisa de tanto cuidado? Explicamos neste artigo para você. 

Principal forma para limpeza de placas eletrônicas

A limpeza de um produto tão delicado quanto placas eletrônicas não acontece rapidamente, tampouco, podem ser feita de forma convencional. Logo, com um pano, água e sabão. Conquanto, para realizar este processo é preciso de: 

  • Pincéis adequados para cada camada da placa;
  • Produto especial para limpeza dos componentes; 
  • Visor ampliador de objetos com luz para ver detalhes. 

Existem diversos modos para realizar a limpeza de placas eletrônicas. A mais usada antigamente era a que realizava o desmonte total do componente, retirando e desligando peça por peça para conseguir fazer a higienização das mesmas individualmente. Contudo, este é um dos métodos mais arriscados, visto que a placa pode não voltar a funcionar normalmente quando montada novamente. 

A limpeza e seu grau de dificuldade vai depender do tipo de sujeira existente. Ou seja, a higienização cotidiana para a retirada de pó é menos complexa que a causada por queda de refrigerante ou oxidação. 

banner vi no blog

Mas afinal, como limpar placa eletrônica?

Para limpezas de aspecto simples, o profissional responsável irá precisar de pincel com pontas suaves e alguns minutos para resolver o problema. Sem desmontar nenhum elemento da placa eletrônica. Entretanto, para limpezas maiores, onde algum líquido ou mofo deve ter se infiltrado na peça, é preciso fazer uso de produtos especiais e até mesmo solventes. 

Potenciais danos de uma limpeza a placas eletrônicas

Agora que você já sabe como limpar placa eletrônica, vamos adiante. Como já foi dito anteriormente, a limpeza com desmonte de placas eletrônicas podem causar a perda total do elemento. Isso porque esta higienização corre o risco de danos minúsculos aos componentes, são eles: 

  • Micro arranhões na placa eletrônica;
  • Quebra de componentes que recebem fios;
  • Quebra de fios importantes ou receptores; 
  • Condutividade negativa na placa. 

Quer descobrir como limpar placa eletrônica sem riscos? Arriscado. Acontece também das placas eletrônicas virem para higienização com sujeiras irreparáveis. Eventualmente causadas após quedas de luz, materiais corrosivos como refrigerantes e grande exposição do sistema eletrônico a água ou até mesmo maresia. 

Recuperar com limpeza ou comprar placas novas? 

É importante salientar que a limpeza de uma placa eletrônica pode parecer bom negócio no começo. Porém, após diversas limpezas e perda da qualidade dos componentes o barato pode sair caro. 

Isso porque a limpeza de peças não possui garantia técnica. Além disso, uma peça mal higienizada pode acabar ocasionando problemas a outros elementos do seu equipamento, o que gera enfim, uma pane mecânica total e sem recuperação do produto utilizado. 

É por isso que a Dufrio está trabalhando com um setor exclusivo para peças, onde já oferece os componentes e reposições necessárias para todos os produtos comercializados na loja. Dessa forma, você adquire uma nova peça com garantia que seu produto irá seguir funcionando por muitos e muitos anos. 

Consequentemente, você aprendeu neste artigo como deve realizar a higienização correta de suas placas eletrônicas e todos os riscos que este procedimento podem causar a estes produtos. Ficou com alguma dúvida? Deixe para nossa equipe nos comentários. Vamos adorar responder você. 

 

botão-site

Recomendados para você

3K

0

Comercial

Conheça as vantagens do ar-condicionado cassete

5K

2

Comercial

Conheça os principais tipos de ar-condicionado e suas diferenças

119

0

Refrigeração

Qual o tipo certo de freezer vertical para cerveja?

0 Comentário

Deixe o seu comentário!