Blog da Dufrio

Há mais de 20 anos, somos especialistas em refrigeração.

Ar-condicionado quente e frio: por que investir na compra de um?

por Dufrio Refrigeração • 12/06/2017 • 12/06/2017 Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Pinterest

Quando ter um ar-condicionado quente e frio? Enquanto a temperatura média anual em grande parte Brasil fica acima dos 20ºC , segundo dados do Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (FIBGE), em uma área que inclui a região Sul e parte da região Sudeste, a temperatura média no período de um ano fica abaixo dessa marca. Ao mesmo tempo, essas regiões são caracterizadas pelos verões quentes, com temperaturas acima de 28ºC. Ou seja, em alguns casos, pensar em um ar-condicionado somente para resfriar o ambiente não é a solução ideal.

Um sistema de refrigeração confiável é essencial durante os meses quentes, mas o clima frio também pode levar à necessidade de usar um aparelho para tornar a temperatura ambiente mais confortável. Sendo assim, você pode considerar a compra e a instalação de um ar-condicionado quente e frio, em vez de um modelo comum. Isso poderia fornecer uma maneira eficiente e versátil de lidar não só com as altas, mas também com as baixas temperaturas recordes ocasionais na área.

Existem algumas questões importantes a serem consideradas na hora de escolher seu ar-condicionado. Acompanhe conosco e descubra quais são elas!

Diferenças entre o ar-condicionado quente e frio e o comum

Para começar, você deve saber que os sistemas refrigerantes — como os de um ar-condicionado, geladeira ou freezer — trabalham retirando o calor de um local e transferindo-o a outro. Dessa forma, eles deixam o ambiente mais frio ao retirar o ar quente de dentro dele e jogar ar frio no lugar.

banner vi no blog

Ambos os sistemas operam com esse mesmo princípio da troca de calor. A principal diferença é que o ar-condicionado quente e frio conta com uma bomba de calor que reverte os processos na hora de esfriar ou esquentar o ambiente.

Tanto o sistema comum quanto o quente e frio, podem desumidificar o ar do ambiente quando estão resfriando seu ar interior, uma função importante durante os climas mais úmidos. O quente e frio porém, devido à sua capacidade de aquecimento e refrigeração é mais versátil e geralmente mais eficiente em termos energéticos.

Eficácia do equipamento atual

Um dos fatores mais importantes a considerar em relação à troca do seu aparelho de ar condicionado comum por um quente e frio é o desempenho do seu sistema como um todo. Sua casa está equipada com uma unidade de aquecimento? A maioria dos aquecedores, especialmente os modelos mais antigos, operam com força de aquecimento total, o que pode produzir muito calor para suas necessidades.

De acordo com a configuração, um ar-condicionado quente e frio pode ser uma excelente alternativa, produzindo um fluxo de calor mais suave para condições mais suaves. Com base nos padrões climáticos gerais da área que cobre a Região Sul e parte da Sudeste, ele seria uma opção melhor para satisfazer com eficácia as necessidades de aquecimento no inverno e de resfriamento no verão.

Soluções avançadas de conforto

As diferenças entre um ar-condicionado quente e frio e o comum podem ser mínimas, pois você encontrará modelos para acomodar necessidades variadas de orçamento e eficiência. A versatilidade é o principal motivo para selecionar o quente e frio em vez de um sistema que apenas ofereça capacidade de resfriamento. À medida que você revisa suas opções, algumas considerações adicionais incluem:

  • Capacidade híbrida: um sistema quente e frio de alta qualidade  permite o aquecimento ideal do ambiente, ou seja, você conseguirá definir exatamente a temperatura que deseja, ao contrário de um aquecedor comum;
  • Espaço: com um ar-condicionado comum, você precisará considerar espaço adicional para acomodar um aquecedor nos meses mais frios. O ar-condicionado quente e frio fornece aquecimento e refrigeração em uma mesma unidade;
  • Instalação: por se tratar de somente um aparelho, os custos de instalação de um ar-condicionado quente e frio devem ser menores.

São muito mais caros?

Apesar de muitos acharem que os condicionadores de ar com a função quente e frio são muito mais caros dos que contam com a função somente frio, existe, sim, uma diferença no valor do aparelho com os dois ciclos, mas de maneira geral, essa alteração de valor varia de 2% a 10%, mas se for levado em conta os benefícios que esse equipamento irá trazer, com certeza, valerá o investimento.

Quais modelos existem quente e frio

Existem diversos modelos de ar-condicionado quente e frio, mas deve-se verificar qual o modelo mais indicado para a sua necessidade.

1. Ar-condicionado Janela
Mais econômico, compacto e fácil instalação, essas sãos as principais vantagens do ar janela, indicado para pessoas que moram em ambientes pequenos ou locais onde não haja restrições de ruído.

2. Ar-condicionado Split
Modelo mais convencional, é muito utilizado em ambiente residenciais e comerciais, suas vantagens são: refrigeração de qualidade, baixo nível de ruído e ótimo custo-benefício, assim garantindo que os ambientes fiquem mais agradáveis e confortáveis.

3. Ar-condicionado piso teto
Como o próprio nome diz, esse é um tipo de ar-condicionado que pode ser instalado tanto no piso quanto no teto. A potência em BTUs é acima da média e tem grande capacidade de circulação de ar. É o modelo ideal para ambientes amplos ou que tenham um fluxo muito intenso de pessoas.

4. Ar-condicionado cassete
Com design discreto, o split cassete é instalado no teto ou forro e tem até 4 vias para saída de ar. Tem um excelente desempenho para climatizar ambientes maiores.

A melhor maneira de decidir é a opção certa para sua casa é conversar com alguém que entende do assunto. Entre no site da Dufrio e converse com um dos nossos especialistas!

 

 

Recomendados para você

2K

0

Residencial

Ar-condicionado necessita de manutenção preventiva; saiba como fazer

112

0

Comercial

Ar condicionado Bi Split ou Multi Split?

1K

0

Ar Condicionado

Imóveis com pé direito muito alto? Por que o Split Piso Teto pode ser uma excelente alternativa para ambientes assim?

1 Comentário

  1. Mauricio Sandreson Barbosa disse:

    Curso

Deixe o seu comentário!